Sobre a exposição

Costuma-se percorrer a cidade através de avenidas e ruas. Também por trilhos que tracejam seu contorno e por vias fluviais que desembocam no mar. E há, ainda, muitos becos, travessas e outros caminhos inventados por aqueles e aquelas que ousam desafiar os planejamentos da cidade.

 
Olhar para os filmes aqui produzidos é um gesto que anseia a possibilidade de enxergar de maneira crítica os percursos empreendidos na cidade, vislumbrando outros caminhos possíveis; tensionando os trajetos e discursos que estão postos, para então [re]inventá-los.

Apresentamos três trabalhos de Diana Coelho que articulam, sobretudo, as palavras que alimentam as imagens sobre a cidade do Natal.

Ponte Nova-Ponta Negra (Diana Coelho, 2021) (2).png

Ponte Nova /
Ponta Negra

Foto de Apresentação_Profanação.png

Em Torno
da Mesa

Moldura 2.png

Aquilo que se Diz da Cidade Onde Vivemos